Pesquisadora do MidiAto fala sobre documentários brasileiros na AUN

Página do site da AUN, com a entrevista de Duccini
Página do site da AUN, com a entrevista de Duccini

Mariana Duccini, jornalista, doutora em Ciências da Comunicação pela ECA-USP e investigadora do MidiAto, concedeu entrevista para a Agência Universitária de Notícias, também da USP, sobre sua tese de doutorado Ponto de Vista A(u)torizado: Composições da Autoria no Documentário Brasileiro Contemporâneo.

Segundo o texto, Duccini fala de um “movimento de retomada do cinema brasileiro”. Diz a AUN:

Esse movimento teria acontecido a partir de meados dos anos 90, quando houve uma reposição das condições de produção cinematográfica no Brasil. Com essa retomada, ocorreram mudanças no posicionamento dos produtores do cinema brasileiro, e isso acabou atingindo o gênero do documentário nacional – resultando, em seguida, no que se chamou de “Documentário Brasileiro Contemporâneo”.

Nesse novo posicionamento algumas linhas alternativas de produção de documentário, que tiveram início na década 1960, começaram a ganhar espaço – como, por exemplo, a preferência pela história pessoal e particular, ao invés dos temas universais. Outras características que podem ser encontradas nesse gênero de documentário são: o envolvimento explícito do narrador com aquilo que é narrado e a menor preocupação com a verdade factual daquilo que é exposto no filme.

Leia aqui o texto completo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s