Veja a íntegra do debate sobre ‘Televisão’, de Raymond Williams

O MidiAto promoveu, no último dia 21, o debate e lançamento do livro “Televisão: tecnologia e forma cultural”, um clássico de Raymond Williams publicado em 1974 e que agora ganha sua edição nacional em português. O evento teve a presença do Márcio Serelle, professor da PUC/MG e um dos tradutores da obra, e da Maria Elisa Cevasco, professora da FFLCH/USP.

O debate ofereceu uma oportunidade para que os pesquisadores e interessados pudessem revigorar a importância da tomada crítica sobre esse meio hoje. Criticar a TV não significa depreciar sua produção por princípio, por ímpeto de sua extirpação, mas entender sua presença e inserção na cultura como forma e como tecnologia, como nos indica o subtítulo da obra.

De acordo com essa perspectiva, Maria Elisa Cevasco, professora da FFLCH-USP e especialista na obra de Williams, situou a aparição do autor dentro dos grandes momentos de uma tradição da nova esquerda inglesa e com forte herança do materialismo histórico marxista. Assim, as produções culturais tiveram abertura para serem compreendidas em seu espraiamento como formação cultural e com suas implicações sociais e políticas.

Marcio Serelle falou sobre  a abordagem de Williams sobre a televisão, que dentro desse panorama, é percebida como construção em fluxo, uma sequencia que é determinante de sua possibilidade de coincidir com manifestações populares.

Assista abaixo à integra do debate:

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s