Anos anteriores

 

Segundo semestre de 2016

16/8

  • Estudo do texto “Dos meios às mediações”, de Jesús Martín-Barbero

13/9

Estudo dos textos:

    • RANCIÈRE, J. “As imagens querem realmente viver?”. In: ALLOA, E. Pensar a imagem. Autêntica, 2015.
    • MITCHELL, W. J. T.  “O que as imagens realmente querem?”. In: ALLOA, E. Pensar a imagem. Autêntica, 2015.
    • SILVERSTONE, R. “Complicity and collusion in the mediation of everyday life”.New Literary History, 2002, 33. p. 761-780.
    • SERELLE, M. “A ética da mediação: aspectos da crítica da mídia em Roger Silverstone”. Matrizes, v.10, n. 2, maio/ago. 2016, p. 75-90.

20/9

18/10

  • Apresentação da pesquisa TIC Cultura, do Cetic.br (CGI.br), por Juliana Doretto

25/10

  • Apresentação de Laura Cánepa (Universidade Anhembi Morumbi): “O gênero que não ousa dizer seu nome: considerações sobre o horror no cinema contemporâneo brasileiro”

Primeiro semestre de 2016

12 de abril

  • Juliana Doretto; “‘Fala connosco!’: o jornalismo infantil e a participação das crianças, em Portugal e no Brasil”

10 de maio

  •  Mayra Rodrigues Gomes; “Deleuze e a Criação de Conceitos”

24 de maio

  • José Luiz Aidar Prado (PUC-SP); “Tensividade e circuito dos afetos”

14 de junho

  • Elizabeth Nicolau Saad Corrêa (Com+); “A pesquisa em ciências da comunicação na França: posicionamentos metodológicos e estado da arte
  • José Augusto Mendes Lobato; “Consumo e vivência de alteridade no entretenimento factual televisivo: As representações do outro em ‘A Liga’ e ‘O Mundo Segundo os Brasileiros'”

Segundo semestre de 2015

29/9

– Perspectivas sobre a crítica: Andrea Limberto; “Por uma crítica de variedades e uma ordem do desgosto”

Texto indicado: LEENHARDT, J. “Crítica de arte e cultura no mundo contemporâneo”. In: MARTINS, M. H. (org.). Rumos da crítica. São Paulo: Senac, 2007.

– Apresentação de pesquisa: Seane Melo; “Da grande reportagem ao escândalo político: os percursos do jornalismo investigativo no Brasil”

Texto indicado: MELO, S. A. “Da grande reportagem ao escândalo político: os percursos do jornalismo investigativo no Brasil”. II Seminário de Pesquisa em Jornalismo Investigativo. Universidade Anhembi-Morumbi,02-4/7/2015.

13/10

– Perspectivas sobre a crítica: Nara Lya Cabral; “Crítica como engajamento: a perspectiva da Análise Crítica do Discurso”

Texto indicado: FAIRCLOUGH, N. “’Political correctness’: the politics of culture and language”. Discourse & Society. London, Thousand Oaks, CA and New Delhi. Vol 14 (1): 17–28, 2003.

– Apresentação de pesquisa: Natália Favrin Keri; “Questão de gosto: o discurso da arte no jornalismo impresso”

Texto indicado: KERI, N. “‘Odiar Romero Britto é fácil’: a relação entre culturas erudita e de massas no caderno ilustrada da Folha de S. Paulo”. São Paulo. 10⁰ Interprogramas de Mestrado em Comunicação da Faculdade Cásper Líbero, 2015.

10/10

– Apresentação de pesquisa: Cíntia Liesenberg; “Viver é envelhecer: a compreensão de uma época pelo estudo dos discursos sobre velhice e longevidade”

1º/12

– Perspectivas sobre a crítica: Ivan Paganotti; “Crítica de mídia e a tradição da teoria crítica”

Texto indicado: BARBOSA, B.; MODÉ, G. (eds.). “O poder da mídia e o poder do público”; “O direito de exigir direitos”. In: A sociedade ocupa a TV: o caso direitos de resposta e o controle público da mídia. São Paulo: Intervozes, 2007.

– Apresentação de pesquisa: Renata Costa; “Pesquisadores brasileiros em periódicos científicos de Ciências da Comunicação”

Texto indicado: DELGADO, E.; REPISO, R. “The impact of scientific journals of communication: comparing Google Scholar Metrics, Web of Science and Scopus”. Comunicar, n. 41, v. XXI, 2013, Scientific Journal of Media Education.

– Apresentação de pesquisa: Eduardo Paschoal; “Imagens documentais no caminho ficcional: o entremeio em Viajo porque preciso, volto porque te amo”

8/12

– Perspectivas sobre a crítica: Mayra Gomes; “Crítica como processo de divisão e classificação”

Texto indicado: GOMES, M. R. “Sobre supervisão e controle: um exercício em torno da classificação indicativa”. Revista Matrizes. Ano 7, n. 1 jan./jun. 2013.

– Apresentação de pesquisa: Thiago Venanzoni; “De um ponto ao Outro: uma proposta do olhar em Elefante

Primeiro semestre de 2015

5/5 (das 14h às 17h):

– Apresentação do ciclo de encontros “Cartografias da crítica”: Mayra Rodrigues Gomes; “Tradições teóricas da crítica”.

– Apresentação de pesquisa: Ivan Paganotti; “Ecos do silêncio – liberdade de expressão e reflexos da censura no Brasil pós-abertura democrática”

Texto indicado: PAGANOTTI, I. “Harmonia e dissonância” (tese de doutorado, conclusão, 2015).

19/5

– Perspectivas sobre a crítica: Sílvio Anaz;“Mitocrítica aplicada às narrativas midiáticas”

– Apresentação de pesquisa: Mariane Murakami; “Da fantasia ao transmídia: modernização do gênero telenovela brasileira”

Texto indicado: MURAKAMI, M. “A modernização da telenovela e os processos de identificação” (tese de doutorado, introdução, 2015).

2/6

– Perspectivas sobre a crítica: Margarida Adamatti; “Crítica de cinema, estética e política: Opinião e a resistência ao regime militar”

Texto indicado: ADAMATTI, M. M. “Matrizes teóricas da crítica de cinema de Opinião” (tese de doutorado, capítulo 2, 2015).

– Apresentação de pesquisa: Fernanda Budag; “Sobre narrativas: discurso, cotidiano e consumo”

16/6

– Apresentação de pesquisa: Mariana Tavernari; “Narrativas da cibercultura: representações da técnica, articulações discursivas e processos de agenciamento”

Texto indicado: TAVERNARI, M. “Considerações finais” (tese de doutorado, conclusão, 2015).

– Apresentação de pesquisa José Augusto Mendes Lobato; “A alteridade na ficção e na grande reportagem: Um estudo sobre a figuração do outro na narrativa televisiva brasileira”

30/6

– Perspectivas sobre a crítica: Rodrigo Guimarães; “A crítica ‘mundana’ de Edward Said”

Texto indicado: ASCHCORFT, B.; AHLUWALIA, P. Edward Said. London/New York: Routledge, 2001.

– Apresentação de pesquisa: Nara Lya Cabral; “Mobilizações discursivas da categoria ‘politicamente correto’: um mapa dos sentidos que emergem no jornalismo”

Texto indicado: CABRAL, N. L. “Batalhas discursivas: ressignificações, contraposições e interdiscurso” (dissertação de mestrado, capítulo 5, 2015).

7/7

– Apresentação de pesquisa: Felipe Polydoro; “Uma ontologia dos vídeos amadores de acontecimentos”

– Apresentação de pesquisa: Daniele Gross; “Políticas da Representação Midiática do Feminino na Teledramaturgia Brasileira”

2º semestre de 2014

Planejamento e realização do evento: Crítica da Imagem Mídiática

12/8: grupo de leitura

Textos indicados: 1) DIDI-HUBERMAN, G. “A imagem crítica”. In: O que vemos, o que nos olha. São Paulo: Editora 34, 1998. 2) AUMONT, J. “O olho variável ou a mobilização do olhar”. In: O olho interminável. São Paulo: Cosac & Naify, 2004.

26/8: grupo de leitura

Textos indicados: 1) BOURDIEU, P. “Os jogos olímpicos”. In: Sobre a televisão. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1997. p. 121-128. 2) ROCHA, Rose de Melo. “A pureza impossível: consumindo imagens, imaginando o consumo”. In: ROCHA, Rose de Melo e CASAQUI, Vander (orgs.). Estéticas midiáticas e narrativas do consumo. Porto Alegre: Sulina, 2012.

16/9: grupo de leitura

Textos indicados: 1) HAL, F. “O retorno do real”. In: HAL, F. O retorno do real. São Paulo: Cosac Naify, 2014. 2) MERLEAU-PONTY, M. O olho e o espírito. São Paulo, Nova Cultural, 1989. pp. 275-283 (Tópicos I e II).

30/9: grupo de leitura

Textos indicados: 1) CALVINO, I. Seis propostas para o próximo milênio. São Paulo: Cia. das Letras, 1990. 2) DUBINSKY, K. “Children, Ideology, and Iconography: How Babies Rule the World”. Journal of the History of Childhood and Youth. Johns Hopkins University Press. Vol. 5, Número 1. pp. 7-13. 3) KEHL, M. R. “Televisão e violência do imaginário”. In: BUCCI, E.; KEHL, M. R. Videologias: ensaios sobre televisão. São Paulo: Boitempo, 2004. 4) KEHL, M. R. “Visibilidade e espetáculo”. In: BUCCI, E.; KEHL, M. R. Videologias: ensaios sobre televisão.São Paulo: Boitempo, 2004.

21/10: grupo de leitura

Textos indicados: 1) RANCIÈRE, J. “Paradoxos da arte política”. In: O espectador emancipado. São Paulo: Martins Fontes, 2012. pp. 51-81. 2) FABBRINI, R. “Arte relacional e regime estético”. In: Arte e Ruptura. Rio de Janeiro: Sesc, Departamento Nacional,  2013. pp. 53-71

28/10: grupo de leitura

4/11: preparação do evento

11/11: preparação do evento

18/11: preparação do evento

25/11: realização do evento

1º semestre de 2014

Planejamento do evento: Crítica de Mídia

 13/5: escolha do tema e planejamento inicial do projeto

 20/5: definição do projeto e das etapas de trabalho

10/6: pesquisa e organização dos eixos temáticos

24/6: definição dos autores e conceitos norteadores da pesquisa

 

2º. semestre de 2013 

Projeto coletivo de pesquisa, inovação e difusão em produção textual colaborativa

27/8: escolha do tema e planejamento inicial do projeto

17/9: definição do projeto e das etapas de trabalho

22/10: pesquisa e organização dos seguintes eixos temáticos: 1) mercado editorial; 2) aportes teóricos e metodológicos; 3) aspectos técnicos e tecnológicos

26/11: pesquisa e organização dos eixos temáticos: 1) viabilidade econômica; 2) divulgação cientifica e difusão; 3) conteúdos paradidáticos; 4) legislação e direitos autorais

 

1º semestre de 2013

Seminários Linguagem e Práticas Midiáticas:  Teorias e novos debates em comunicação

23/4: Eliza Casadei, Rafael Venancio

– CASADEI, E. “As diferentes configurações da função testemunhal na história do jornalismo: um estudo comparativo entre a Revista da Semana e O Cruzeiro”. Revista Estudos em Jornalismo e Mídia. Vol. 9, n. 2, jul.-dez. 2012. Disponível em: http://www.periodicos.ufsc.br/index.php/jornalismo/article/view/1984-6924.2012v9n2p536/23364.

– VENANCIO, R. D. O. “Além da técnica: programa musical radiofônico enquanto aposta linguística”. Revista Novos Olhares. Vol. 1, n. 1, jan.-jun. 2012. Disponível em: http://www.revistas.usp.br/novosolhares/article/view/51450/55517.

7/5: Juliana Doretto, Mariana Duccini, Sofia Franco

– DORETTO, J. ‘Fala conosco!’: o jornalismo infantil e a participação das crianças. Projeto de pesquisa de Doutorado. Universidade Nova de Lisboa, Portugal, 2012.

– DUCCINI, M. “Fragmentos de memória: reinscrição de significados em documentários de compilação”. Revista Contracampo. Vol. 24, n. 1, julho de 2012. Disponível em: http://www.uff.br/contracampo.

– FRANCO, S. Reportagens televisivas e estigmas sociais. As representações da arte em questão. Projeto de pesquisa de Iniciação Científica. Relatório Parcial. ECA-USP, 2012.

21/5: Andrea Limberto, Cintia Lisenberg, Ivan Paganotti

– LIMBERTO, A. Nos termos da #interdição. Uma rede significante de palavras proibidas. Projeto de pesquisa de Pós-Doutorado. ECA-USP, 2013.

– LIESENBERG, C. A loucura nas mídias: discursos circulantes e posicionamentos de campo na atualidade. Pré-projeto de pesquisa de Doutorado. ECA-USP, 2013.

– PAGANOTTI, I. Em nome do proibido: estruturas de controle, justificativas para a interdição e reflexos da censura. Artigo final da disciplina “Comunicação, censura e liberdade de expressão – desafios da atualidade”, ministrada pela profa. dra. Cristina Costa (ECA-USP, 2012).

18/6: Fernanda Budag, José Augusto Mendes Lobato, Nara Cabral

– BUDAG, F. Era uma vez: linguagem, intertextualidade e identidades culturais/sociais em Once upon a time. Projeto de pesquisa de Doutorado. ECA-USP, 2013.

– LOBATO, J. A. M. A alteridade na ficção e na grande reportagem: um estudo sobre a figuração do outro na narrativa televisiva. Projeto de pesquisa de Doutorado. ECA-USP, 2013.

– CABRAL, N. L. S. Discurso, interdição e liberdade de expressão: o politicamente correto e suas articulações com a comunicação social. Projeto de pesquisa de Doutorado. ECA-USP, 2013.

2/7: Daniele Gross, Felipe Polydoro, Paula Paschoalick

– GROSS, D. Políticas da representação do feminino na teledramaturgia brasileira. Projeto de pesquisa de Doutorado. ECA-USP, 2012.

– POLYDORO, F. A ubiquidade das câmeras e a intrusão do real na imagem. Projeto de pesquisa de Doutorado. ECA-USP, 2012.

– PASCHOALICK, P. Televisão: crítica, audiência e público nas redes sociais (título provisório). Projeto de pesquisa de Doutorado. ECA-USP, 2012.

2º semestre de 2012

28/8
Imagem e psicanálise

Apresentadores: Eliza Casadei e Rafael Venancio

– AUMONT, Jacques. “A Parte do Espectador”. A Imagem. Campinas: Papirus, 1993, p. 77-134).
– GUATTARI, Félix. “Da produção da Subjetividade”. PARENTE, André (org.). Imagem Máquina. Rio de Janeiro: Editora 34, 1993, p. 177-194.
– QUINET, Antonio. “Objeto de Schautrieb”. Um Olhar a Mais: ver e ser visto na psicanálise. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2004, p. 68-88.

18/9
Novas visibilidades

Apresentadores: Cintia Liesenberg e Nara Cabral
– THOMPOSON, J. B. “A nova visibilidade”. In: Revista Matrizes (vol. 1, n. 2). São Paulo: ECA-USP, 2008.
– FUCHS, C. “Como podemos definir vigilância?”. In: Revista Matrizes (vol. 5, n. 1). São Paulo: ECA-USP, 2011.
– MARTÍN-BARBERO, J. “Novas visibilidades políticas da cidade e visualidades narrativas da violência”. In: Revista Matrizes (vol. 1, n.1). São Paulo: ECA-USP, 2011.

25/9
Imagens na inscrição audiovisual

Apresentadores: Leandro Carabet, Mariana Duccini e Mariane Murakami
– XAVIER, Ismail. “Cinema: revelação e engano”. In: O olhar e a cena. São Paulo: Cosac Naify, 2003. p.31-57
– MACHADO, Arlindo. “O retalhamento da figura”. In: A arte do vídeo. 3.ed. Sâo Paulo: Brasiliense, 1997.p.40-53
– MACHADO, Arlindo. “Acaso e controle na edição”. In: A arte do vídeo. 3.ed. Sâo Paulo: Brasiliense, 1997. p. 102-116.
– MILES, Adrian. “Paradigmas cinemáticos para o hipertexto”. In: LEÃO, Lúcia. O chip e o caleidoscópio: reflexões sobre as novas mídias. São Paulo: Senac, 2005. p.147-164
– AUMONT, Jacques. A estética do filme. São Paulo: Papirus, 2005. Capítulos 2 (A montagem) e 3 (Cinema e narração).

30/10
Antropologia visual

Apresentadores: Andrea Limberto, Rosana Soares

6/11
Perspectivas da imagem no direito

Apresentadores: Ivan Paganotti

27/11
Imaginação melodramática

Apresentadores: Daniele Gross e Paula Paschoalick

1º Semestre de 2012

10/4

Daniele, Felipe, Paula

LATOUR, Bruno. Jamais fomos modernos: ensaio de antropologia simétrica. Tradução por Carlos Irineu da Costa. Rio de Janeiro: 34, 1994.

24/4

Cíntia Liesenberg e  Rosana Soares

FOUCAULT, Michel. O governo de si e dos outros. Tradução de Eduardo Brandão. São Paulo: Martins Fontes, 2010

FOUCAULT, Michel. Le gouvernement de soi et des autres. Cours au Collège de France 1982-1983. Paris: Seuil, 2008. v. 1.

GREGOLIN, Maria do Rosário. Foucault e Pêcheux na análise do discurso: diálogos e duelos. São Carlos: Claraluz, 2004.

15/5

Andrea Limberto, Ivan Paganotti , Mayra Rodrigues Gomes

COETZEE, J. M. Giving Offense: Essays on Censorship. Chicago: University of Chicago Press, 1996.

COETZEE, J. M. Contra la censura. Ensayos sobre la pasión por silenciar. Debolsillo, 2008

29/5

Mariana Duccini, Mariana Tavernari e Mariane Murakami

DIDI-HUBERMAN, GEORGES. O que vemos, o que nos olha. São Paulo: Ed. 34, 1998. 260p.

DIDI-HUBERMAN, G. Images malgré tout. Paris, Minuit, 2004.

19/6

Eliza Casadei  e Rafael Venâncio

EVERETT, Daniel. Language: the culture tool. Pantheon Books, 2012.

2º Semestre de 2011

Seminários abertos

13/9

I Seminário Linguagem e Práticas Midiáticas

Expositora: Profa. Dra. Mayra Rodrigues Gomes

27/9

II Seminário Linguagem e Práticas Midiáticas

Escritura e desconstrução da imagem e do som no cinema

Expositores: Eliza Casadei e Rafael Venancio

– LYOTARD, J-F. “O acinema”. In: RAMOS, F. P. Teoria Contemporânea do Cinema –

Volume I. São Paulo: Editora Senac, 2005, p. 219-231.

– DERRIDA, J. “Entretien”. Cahiers du Cinema. Paris. Abril/2001. p.74-85.

4/10

III Seminário Linguagem e Práticas Midiáticas

Regimes de visibilidade em discursos audiovisuais

Expositores: Andrea Limberto, Rosana de Lima Soares e Sávio Luís Stoco

RANCIÈRE, Jacques. Da partilha do sensível e das relações que estabelece entre política e estética. In: _____________. A partilha do sensível – estética e política. Trad. Mônica Costa Neto. São Paulo: Exo experimental/Editora 34, 2009. p.15-26.
BADIOU, Alain. Os falsos movimentos do cinema. In:_____________. Pequeno manual de inestética. Trad. Marina Appenzeller. São Paulo: Estação Liberdade, 2002. p.103-116.

Leitura complementar

LATOUR, Bruno. Reassembling the social. New York: Oxford University Press, 2005.

8/11

IV Seminário Linguagem e Práticas Midiáticas

As ficções da representação: discurso e construção de lugares sociais

Expositoras: Cíntia Liesenberg e Mariana Duccini

MOSCOVICI, Serge. “O fenômeno das representações sociais”. In: _______. Representações sociais – Investigações em psicologia social. 7ed. Petrópolis: Vozes, 2010. (pp. 29-109).

WHITE, Hayden. “As ficções da representação factual”. In: _______. Trópicos do discurso – Ensaios sobre a crítica da cultura. 2ed. São Paulo: Edusp, 2001.

(pp. 137-151).

22/11

V Seminário Linguagem e Práticas Midiáticas

Do dialogismo discursivo às convergências midiáticas

Expositoras: Mariana Tavernari e Mariane Murakami

29/11

VI Seminário Linguagem e Práticas Midiáticas

Políticas de representação em narrativas migrantes

Expositoras: Daniele Gross e Paula Paschoalick

FIGUEIREDO, Vera Lucia Follain. Narrativas Migrantes: literatura, roteiro e cinema. Rio de Janeiro: 7 letras/PUC-RJ, 2010.

HAMBURGER, Esther. Políticas da Representação: ficção e documentário em Ônibus 174. IN: MOURÃO, Maria Dora; LABAKI, Amir. O Cinema do Real. São Paulo: Cosac Naify, 2005

HAMBURGER, Esther. Violência e pobreza no cinema brasileiro recente: reflexões sobre a idéia de espetáculo. Novos Estudos. Edição 78, julho 2007

2º semestre de 2010

Pesquisa: “Profissão Repórter”

3/8
– Textos para discussão: “Do naturalismo ao realismo crítico”; “O realismo revelatório e a crítica à montagem”. In: XAVIER, Ismail. O discurso cinematográfico. Rio de Janeiro: Ed. Paz e Terra, 2005.  p.41-98.
– Projeto “Profissão Repórter”

10/8
– Textos para discussão: “A vanguarda”; “O cinema-discurso e a desconstrução”. In: XAVIER, Ismail. O discurso cinematográfico. Rio de Janeiro: Ed. Paz e Terra, 2005. p. 99-164.
– Projeto “Profissão Repórter”

24/8
– Textos para discussão: “As falsas dicotomias”; “Apêndix”; “As aventuras do dispositivo”. In: XAVIER, Ismail. O discurso cinematográfico. Rio de Janeiro: Ed. Paz e Terra, 2005.  p. 165-208.
– Projeto “Profissão Repórter”

14/9
– Textos para discussão: “Aqueles que filmamos: notas sobre a mise-en-scène documentária”; “A outra escuta: prática e teoria da entrevista”. In: COMOLLI, Jean-Louis. Ver e poder – a inocência perdida: cinema, televisão, ficção, documentário. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2008.  p. 52-60; 86-89.
– Projeto “Profissão Repórter”

21/09
– Textos para discussão: “Sob o risco do real”; “Mais verdadeiro que o verdadeiro: o cinema de John Cassavetes e a ilusão da vida”. In: COMOLLI, Jean-Louis. Ver e poder – a inocência perdida: cinema, televisão, ficção, documentário. Belo Horizonte: Ed. UFMG, 2008.  p. 170-178; 224-229.
– Projeto “Profissão Repórter”

19/10 – Oficina: Profissão Repórter

Mesa 1: Profissão Repórter e a cena audiovisual
– “Profissão Repórter: um panorama” (Daniele Gross e Paula Paschoalick)
– “De ‘Linha Direta’ a ‘Profissão Repórter’: margens cambiantes do telejornalismo contemporâneo” (Profa. Dra. Rosana de Lima Soares)
– “‘O Aprendiz’” da ‘Profissão: Repórter’ – estruturas narrativas e o ethos da competição/colaboração” (Ivan Paganotti)

Mesa 2: Profissão Repórter e a produção jornalística
– “Entrevista e seus personagens: a construção por meio do protagonismo do repórter” (Juliana Doretto e Renata Carvalho da Costa)
– “Bastidores da Notícia: o ponto de partida do Profissão Repórter” (Neide Arruda)

26/10 – Oficina: Profissão Repórter

Mesa 3: Estratégias Narrativas do Profissão Repórter
– “Cortes e enquadramentos para um ritmo frenético nas reportagens do Profissão Repórter” (Andrea Limberto)
– “Profissão Repórter: referencialidade e narrativização do discurso jornalístico” (Mariane Murakami)
– “O Testemunho do Fato: Estratégias Retóricas no Profissão Repórter” (Eliza Bachega Casadei e Rafael Duarte Oliveira Venancio)

Mesa 4: Jornalismo e Cena Enunciativa
– “Profissão Repórter: construção autoral e narrativização do ‘eu’” (Mariana Duccini)
– “Os desafios da convergência, os bastidores dos bastidores: Profissão Repórter e as mídias digitais” (Mariana Tavernari)
– “Quando a notícia vai além: desdobramentos do processo de reportagem de um programa jornalístico” (Cintia Liesenberg)

16/11
– Textos para discussão: MARIE, Michel; JULLIER, Laurent. Lendo as imagens do cinema. São Paulo: Senac, 2009.
– Projeto “Profissão Repórter”

30/11
– Projeto “Profissão Repórter” – preparação de publicação e evento de apresentação dos resultados / lançamento no primeiro semestre de 2011

7/12
– Encerramento

1º semestre de 2010

Pesquisa: “Profissão Repórter”

09/3
– Planejamento do semestre

23/3
– Organização dos trabalhos, escolha dos autores e definição de categorias do banco de dados

6/4
– Definir projeto “Profissão Repórter”
– Texto para discussão: SERELLE, Márcio. “Metatevê: a mediação como realidade apreensível”. Revista Matrizes, ano 2, n. 2, primeiro semestre/2009, pp. 167-179.

20/4
– Discussão do projeto Profissão Repórter. Tutoriais e preparação da lista de episódios, banco de dados e comunidade ning.
– Texto para discussão: FIGUEIREDO, Vera Lúcia Follain de. “Encenação da realidade: fim ou apogeu da ficção?” Revista Matrizes Ano 3, n. 1, ago/dez 2009. p. 131-143. Disponível em: http://citrus.uspnet.usp.br/matrizes/ojs/index.php/matrizes/article/view/88/pdf_76

4/5
– Textos para discussão: RESENDE, Fernando. “A narratividade do discurso jornalístico: A questão do outro”. Revista Rumores Ano 3 n. 2. Disponível em: http://www3.usp.br/rumores/visu_art.asp?cod_atual=161
– Leitura paralela : XAVIER, Ismail. O discurso cinematográfico. Rio de Janeiro: Ed. Paz e Terra, 2005.
– Fechar projeto do Profissão Repórter, divisão dos programas a partir da lista de episódios para inserção no banco de dados, propostas para substituir rede ning

18/5
– Projeto “Profissão Repórter”: propostas de financiamento
– Texto para discussão: KNEIPP, Valquiria. A perspectiva do jornalismo humanizado no profissão repórter. Anais da I Jornada Acadêmica PPGCOM-ECA-USP, outubro de 2009.

1/6
– Projeto “Profissão Repórter”
– Texto para discussão: “Introdução”; “A janela do cinema e a identificação”; “A decupagem clássica”. In: XAVIER, Ismail. O discurso cinematográfico. Rio de Janeiro: Ed. Paz e Terra, 2005. p.13-40.

22/06
– Projeto “Profissão Repórter”
– Texto para discussão: “Do naturalismo ao realismo crítico”; “O realismo revelatório e a crítica à montagem”. In: XAVIER, Ismail. O discurso cinematográfico. Rio de Janeiro: Ed. Paz e Terra, 2005. p.41-98.

29/6
– Encerramento do semestre: planejamento das atividades do segundo semestre

2º semestre de 2009

Derrida

18/8: Estruturalismo e Fenomenologia em Jacques Derrida
– DERRIDA, Jacques. “Estrutura, Signo e Jogo no Discurso das Ciências Humanas”. In: MACKSEY, R. & DONATO, E. A Controvérsia Estruturalista, pp.260-277.
– DERRIDA, Jacques. Cap. 4 (Meaning and Representation). In: DERRIDA, Jacques. Speech and Phenomena, p. 48-59.

25/8: Escritura e Cultura em Jacques Derrida
– DERRIDA, Jacques. “Do Suplemento à Fonte: a teoria da Escritura”. In: DERRIDA, Jacques. Gramatologia, p.327-386.

Agamben

22/9
– AGAMBEN, Giorgio. “Força-de-Lei”. In: AGAMBEN, Giorgio. Estado de exceção. São Paulo: Boitempo, 2004, p.52-63.
– AGAMBEN, Giorgio. “Elogio da profanação”. In: AGAMBEN, Giorgio. Profanações. São Paulo: Boitempo, 2007, p.65-79.

29/9
– AGAMBEN, G. “Fábula e história”. In: AGAMBEN, Giorgio. Infância e história: destruição da experiência e origem da história. Belo. Horizonte: UFMG, 2005, p. 151-158.- AGAMBEN, Giorgio. “A Barreira e a dobra”. In: AGAMBEN, Giorgio. Estâncias: a palavra e o fantasma na cultura ocidental. Trad. S. Assmann. Belo Horizonte: UFMG, 2007, p.240-250.

Bhabha

13/10
– BHABHA, Homi K. “Introdução”. In: O local da cultura. Belo Horizonte (MG): UFMG, 2003.
– BHABHA, Homi K. “Freedom’s basis in the Indeterminate”

27/10
– BHABHA, Homi K. “A Outra questão – o estereótipo, a discriminação e o discurso do colonialismo”. In: O local da cultura. Belo Horizonte (MG): UFMG, 2003.

Zizek

10/11
– ZIZEK, Slavoj. “Why does a Letter always arrive at its destination?”. In: Enjoy your symptom! Jacques Lacan in Hollywood and out. New York: Routledge, 2001, p.1-28.

24/11
– ZIZEK, Slavoj. “Introdução”. In: A visão em paralaxe. São Paulo: Boitempo Editorial, 2008.
– ZIZEK, Slavoj. “Introdução: A tinta que falta”; “Paixões do Real, paixões do Semblante”; “Conclusão: O cheiro do amor”. In: Bem-vindo ao deserto do real. Boitempo Editorial, 2003.

1º semestre de 2009

Lotman

17/3
– LOTMAN, Iuri. “Semiotic space”, “The notion of boundary”. In: LOTMAN, Iuri. Universe of the mind: a semiotic theory of culture. Indianapolis: Indiana University Press, 2000. p.123-142.

31/3
– LOTMAN, Iuri. “Literatura y mitología”. In: LOTMAN, Iuri. La semiosfera I – Semiótica de la cultura y del texto. Madrid: Ediciones Cátedra, 1996. p.190-213.
– FIORIN, José Luiz. “Relações entre sistemas no interior da semiosfera”. In: MACHADO, Irene (org). Semiótica da Cultura e Semiosfera. São Paulo: Annablume, 2007. p.175-204.

Pêcheux

14/4
– ORLANDI, Eni. “Michel Pêcheux e a Análise do Discurso”. Estudos da Língua(gem). Vitória da Conquista, n. 1, junho de 2005. p. 9-13.
– PÊCHEUX, Michel. “Discurso e ideologias”. In: PÊCHEUX, Michel. Semântica e Discurso: uma crítica à afirmação do óbvio. Campinas: Ed. Unicamp, 1988.  pp.143-180.

28/4
– PÊCHEUX, Michel. O discurso: estrutura ou acontecimento. Campinas: Pontes, 2008.

Marcuse

19/5: A Leitura de Freud e Marx por Herbert Marcuse: Formações Identitárias
– MARCUSE, Herbert. “A Dialética da Civilização” (capítulo 4). In: MARCUSE, Herbert. Eros e a Civilização. Rio de Janeiro: Zahar, 1968 [1955], p.83-103.
– MARCUSE, Herbert. “Marx: trabalho alienado” (capítulo 1.4 da parte II). In: MARCUSE, Herbert. Razão e Revolução. Rio de Janeiro: Saga, 1969 [1941], p. 250-262.

2/6: Consciência Infeliz e Dessublimação Repressiva na Sociedade Unidimensional
– MARCUSE, Herbert. “A conquista da consciência infeliz: dessublimação repressiva” (capítulo 3). In: MARCUSE, Herbert. A ideologia da sociedade industrial. Rio de Janeiro: Zahar, 1967 [1964], p.69-91.
– MARCUSE, Herbert. “Sobre o caráter afirmativo da cultura”. In: MARCUSE, Herbert. Cultura e Sociedade. vol. 1, Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997 [1937], p.89-136.

Bauman

16/6
– BAUMAN, Zygmunt. “Prefácio: Ser leve e líquido”. In: BAUMAN, Zygmunt. Modernidade Líquida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1999. p.7-22.
– SMITH, D. “Bauman´s vision of modernity and postmodernity”. In: SMITH, D. Zygmunt Bauman: prophet of postmodernity. Cambridge: Polity Press, 1999. p.136-166.

30/6
– BAUMAN, Zygmunt. “Identidade no mundo globalizante”. A sociedade individualizada: vidas contadas e histórias vividas. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2008. p.178-193.
– BAUMAN, Zygmunt. “Ideologia no mundo pós-moderno”, “Tradição e autonomia no mundo pós-moderno”, “Pós-modernidade e a crise moral e cultural”. In: BAUMAN, Zygmunt. Em Busca da Política. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2000. p.114-156.
– BAUMAN, Zygmunt. “Identidade”. In: BAUMAN, Zygmunt. Identidade – entrevista a Benedetto Vecchio. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2005. p.15-21.

2º semestre de 2008

Bakhtin

28/8
– Apresentação sobre obras do autor
– BAKHTIN, Mikhail. “Introdução: Apresentação do problema”. In: BAKHTIN, Mikhail. A Cultura Popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de François Rabelais. São Paulo: Hucitec, 1987. p. 1-50.

18/9
– BAKHTIN, Mikhail. “Capítulo Terceiro: As formas e imagens da festa popular na obra de Rabelais”, “Capítulo Sétimo: As imagens de Rabelais e a realidade do seu tempo”. In: BAKHTIN, Mikhail. A Cultura Popular na Idade Média e no Renascimento: o contexto de François Rabelais. São Paulo: Hucitec, 1987. p. 171-241, 385-419.

25/9
– BAKHTIN, Mikhail. “O romance polifônico de Dostoiévski e seu enfoque na crítica literária”, “O discurso em Dostoiévski” In: BAKHTIN, Mikhail. Problemas da poética de Dostoiévski. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2008. p. 3-51, 207-310.

Maingueneau

09/10
– Apresentação sobre obras do autor
– MAINGUENEAU, Dominique. Gênese do discurso. São Paulo: Parábola, 2008.

23/10
– MAINGUENEAU, Dominique. Gênese do discurso. São Paulo: Parábola, 2008.

Fairclough

6/11
– Contextualização sobre principais obras do autor e princípios de Análise de Discurso Crítica (ADC)
– RESENDE, Viviane. & RAMALHO, Viviane C.V.S. Análise de discurso crítica: uma reflexão acerca dos desdobramentos recentes da teoria social do discurso. Revista Latinoamericana de Estudos do Discurso. Vol. 5 (1), 2005.

20/11
– FAIRCLOUGH, Norman. “Teoria social do discurso”, “Análise textual: a construção da realidade social”. In: FAIRCLOUGH, Norman. Discurso e mudança social. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2001. p.89-131, 211-246.

27/11
– FAIRCLOUGH, Norman. “Discurso e mudança social nas sociedades contemporâneas”, “A prática da análise de discurso”. In: FAIRCLOUGH, Norman. Discurso e mudança social. Brasília: Editora Universidade de Brasília, 2001. p.247-274, 275-293.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s